Cadeias de Valor Sustentáveis

Quem somos

O projeto Cadeias de Valor Sustentáveis atua desde 2015 para a conservação da biodiversidade e melhoria da qualidade de vida das populações indígenas e tradicionais na Amazônia brasileira. Por isso, os protagonistas e beneficiários do projeto são as famílias da região e as associações de base comunitária das unidades de conservação e das terras indígenas.

Para alcançar seus objetivos, o projeto atua em todos os elos das cadeias de valor de quatro produtos extrativistas da sociobiodiversidade: castanha-da-Amazônia, pirarucu, açaí e madeira de manejo comunitário.

O Cadeias de Valor Sustentáveis busca soluções para os principais gargalos dessas cadeias de valor, considerando que a comercialização justa e o extrativismo legal e sustentável ajudam a manter a floresta em pé e são uma eficaz estratégia de gestão ambiental e territorial.

O projeto nasceu de um acordo de cooperação internacional entre a Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID) e o governo brasileiro, e é apoiado, financiado e orientado por diversos atores, incluindo o Serviço Florestal dos Estados Unidos (USFS), o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e o Instituto Internacional de Educação do Brasil (IEB).

Além desses, oito organizações não governamentais atuam em parcerias nas quatro cadeias selecionadas: Memorial Chico MendesInstituto Floresta TropicalOperação Amazônia NativaInstituto de Desenvolvimento Sustentável MamirauáPacto das ÁguasFundação Vitória Amazônica, Associação dos Agropecuários de Beruri e Sindicato de Bares e Restaurantes do Rio de Janeiro.

Agora, que tal conhecer um pouco mais sobre esta iniciativa?

Nós entendemos
que cadeias
fortes são cadeias
justas, éticas e
transparentes.

forma-amarelo